5Os deputados distritais vão entrar com uma representação junto ao Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) pedindo a ilegalidade de uma cláusula do edital do último concurso para professores da rede pública de ensino, que reduziu o número de vagas disponíveis.

A decisão foi tomada durante a sessão ordinária da Câmara Legislativa desta terça-feira (28) e será assinada por vários distritais. A cláusula questionada, limita a quantidade de vagas disponíveis, independente do número de aprovados no concurso.

A deputada Luzia de Paula (PEN) se manifestou a favor da contratação dos professores. “Quando se fala em educação, está se falando dos direitos da humanidade e principalmente das crianças, e quero reforçar o meu compromisso com esse segmento. Nós sabemos como estão as nossas escolas hoje, com deficiências de educadores e por isso temos urgência em ver vocês em sala de aula. Sala de aula que não tem professor, não tem alegria e não tem continuidade no processo da formação do que nós temos de mais sagrado, que são as nossas crianças, ” finalizou Luzia de Paula.

Categorias: Notícias

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder